Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

domingo, 10 de junho de 2018

O PHM Atlântico ostentando seu novo indicativo visual (A140).


O PHM Atlântico é um navio de assalto anfíbio, de tipo porta-helicópteros, pertencente a Marinha do Brasil. A embarcação, originalmente chamada de HMS Ocean, foi construída pelo estaleiro Vickers e serviu por vinte anos na Marinha Real do Reino Unido, sendo vendida pelo governo britânico à marinha brasileira em 2018 e rebatizado Atlântico, com sua reentrada no serviço ativo esperada para acontecer até 2020. Foi projetado para operações navais anfíbias, com ênfase em desembarque de tropas (principalmente os Royal Marines, no caso do Reino Unido) e apoio com aeronaves leves (helicópteros de ataque e transporte).


Reino Unido

Foi construído em meados dos anos 90 pela Kvaerner Govan e completado pela VSEL em Barrow-in-Furness. Foi comissionado em setembro de 1998 e operava a partir do porto de HMNB Devonport, em Plymouth.


No seu histórico de serviço, consta ações humanitárias no Kosovo e na América Central. No ano 2000, participou da Operação Palliser, a intervenção britânica na Guerra Civil de Serra Leoa. Logo em seguida, foi para o Oriente Médio, no grupo de combate do HMS Illustrious e viu serviço na Guerra do Iraque (Operação Telic). Em 2009, foi deslocado para a Ásia, sendo que no ano seguinte, prestou ajuda humanitária durante as erupções do Eyjafjallajökull. Em 2011, por sua vez, participou da Operação Unified Protector, durante a intervenção militar na Guerra Civil Líbia. No ano seguinte, retornou para a Inglaterra e passou por reformas e posteriormente participou de exercícios navais com nações aliadas.


O comando da marinha britânica tinha anunciado a aposentadoria do navio para 2018, sem um substituto imediato. Em 27 de março desse ano, foi retirado formalmente do serviço ativo pelos britânicos.

Brasil

Em 2017, o Brasil anunciou intenções de comprar a embarcação. O Reino Unido colocou o preço do navio em £ 80,3 milhões de libras (ou US$ 105,8 milhões de dólares), oferta que o governo brasileiro chamou de "conveniente". No mesmo mês, a Turquia também havia demostrado interesse.

Em dezembro de 2017, o Ministério da Defesa do Brasil entrou em negociações formais para comprar o HMS Ocean por R$ 350 milhões de reais, com o intuito de substituir o aposentado NAe São Paulo (A12). Ainda em dezembro, o governo brasileiro acertou oficialmente a compra da embarcação por £84 milhões de libras (ou R$ 359,5 milhões). O HMS Ocean foi descomissionado da Royal Navy em março de 2018 e é esperado que seja oficialmente comissionado à Marinha do Brasil até 2020.

Após muito se especular o nome, a Marinha do Brasil decidiu chamar o navio de Porta-Helicópteros Multipropósito (PHM) Atlântico, conforme publicação no Diário Oficial da União.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]