Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

terça-feira, 31 de julho de 2018

Conflito Armado e Jornalismo



No Rio de Janeiro, Exército Brasileiro capacita profissionais da imprensa para atuarem em áreas de conflito.


Rio de Janeiro (RJ) – Com a finalidade de capacitar jornalistas e assessores de imprensa a exercerem suas atividades profissionais em ambientes de conflitos armados ou em missões de paz sob a égide das Nações Unidas, o Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB) realizou, entre os dias 16 e 20 de julho, o Estágio de Preparação de Jornalistas e Assessores de Imprensa em Áreas de Conflito (EPJAIAC). Sob a supervisão do Centro de Comunicação Social do Exército (CComSEx), a atividade, que acontece anualmente, teve a participação de 35 profissionais de imprensa de vários estados do Brasil, além de um do Canadá.

Durante os cinco dias, os participantes vivenciaram uma intensa rotina de trabalho, com diversas atividades teóricas e práticas. O primeiro dia contou com uma palestra do Coronel Machado, Comandante do CCOPAB, e teve como destaque uma apresentação do jornalista Ernani Alves, que compartilhou experiências pessoais e casos vivenciados por ele na profissão.

Os Centros de Comunicação Social das três Forças Armadas estiveram presentes no estágio, cada um apresentando suas ações e atribuições. O Brigadeiro do Ar Antonio Ramirez Lorenzo falou sobre o Centro de Comunicação Social da Aeronáutica; o Capitão de Corveta Rodrigo Fernandes Monteiro expôs as atividades do Centro de Comunicação Social da Marinha; e o Coronel Flávio Botelho Peregrino, do CComSEx, ministrou palestra apresentando as ações realizadas pelo Exército, com foco no relacionamento com a imprensa.


Nas instruções práticas, os estagiários tiveram a oportunidade de obter conhecimentos sobre a utilização do Dispositivo de Simulação para Engajamento Tático; progressão em áreas de risco; primeiros-socorros; conduta em estruturas colapsadas; combate a incêndio; procedimentos em campos minados e áreas suspeitas; comunicação e negociação; Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear; efeito de armas de fogo; e preparo de ração operacional. Para praticar as instruções ministradas, um exercício no terreno foi montado na noite do penúltimo dia de Estágio, em sistema de oficinas.

Também ministraram palestras durante o estágio o Coronel Carlos Frederico Gomes Cinelli, do Exército Brasileiro; o Coronel de Infantaria Edmilson Leite Guimarães Filho, da Força Aérea Brasileira; e a Sra Karenine Miracelli Rocha da Cunha, todos instrutores convidados e possuidores de larga experiência nos assuntos ministrados. A Escola de Instrução Especializada, a Brigada de Infantaria Paraquedista e o Centro de Instrução Especializada de Bombeiros apoiaram as atividades práticas.

Coroando o EPJAIAC, como última atividade antes da cerimônia de diplomação, a Jornalista Lília Teles ministrou palestra sobre a cobertura feita por ela no terremoto que acometeu o Haiti, em 2010.

Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]