Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

15 de maio de 2024

Viaturas anfíbias e caminhões da Marinha chegam ao RS para apoiar população

Chegou neste sábado (11), ao Rio Grande do Sul (RS), um comboio de veículos do Corpo de Fuzileiros Navais, incluindo dois Carros Lagarta Anfíbios (CLAnf), para prestar ajuda humanitária ao estado, que foi assolado com fortes chuvas e enchentes no fim do mês de abril. Ao todo, dez caminhões e carretas saíram do Rio de Janeiro, na quarta-feira (8), transportando retroescavadeira, pá carregadeira, geradores e viaturas leves. Eles serão empregados pelo Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais em Apoio à Defesa Civil em ações de resgate, apoio logístico, remoção de escombros e desobstrução de vias.

Desde o dia 30 de abril, a Marinha do Brasil (MB) mobilizou cerca de dois mil militares, 70 viaturas, 11 aeronaves e 50 embarcações de pequeno e médio porte para minimizar os impactos da catástrofe e colaborar com as autoridades e a população local. Ainda enviou oito navios para o RS, incluindo o maior navio de guerra da Força Naval, o Navio-Aeródromo Multipropósito (NAM) “Atlântico”, que chegou à região também neste sábado (11). Essas ações contribuirão para ampliar a capacidade de atuação da MB no estado, no contexto da Operação “Taquari 2”.
Carros Lagarta Anfíbios Os Carros Lagarta Anfíbios são uma importante ferramenta de mobilidade e suporte do Corpo de Fuzileiros Navais da MB. Com capacidade de operar tanto em terra como na água, esses veículos são essenciais para as operações navais e terrestres dos fuzileiros, principalmente em operações que envolvem o desembarque anfíbio, quando os Fuzileiros Navais saem dos navios para desembarcar em uma praia. No mar, os CLAnf podem transpor arrebentações de até três metros e se deslocar com velocidades de até 13 quilômetros por hora (km/h), podendo alcançar os 72 km/h quando em terra. Com autonomia de sete horas navegando e 321 km em terra, eles contam com sistemas especiais para estabilidade e deslocamento, tornando-os altamente versáteis em diferentes ambientes. Atuação dos Fuzileiros Navais em RS Além dos 75 militares do Grupamento de Fuzileiros Navais de Rio Grande, que atuam no RS desde o início do mês de maio, integrantes do Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais em Apoio à Defesa Civil e 18 profissionais de saúde da Unidade Médica Expedicionária da Marinha chegaram ao estado na última terça-feira (7), vindos do Rio de Janeiro. Outra fração do Grupamento Operativo, chegou a bordo do NAM “Atlântico”, levando mais equipamentos, viaturas e materiais que serão utilizados no apoio humanitário à população gaúcha. Ao todo, o contingente do Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais em Apoio à Defesa Civil conta com 300 militares, 38 viaturas e 17 embarcações, que atuarão na desobstrução de vias, resgate de pessoas isoladas, transporte e distribuição de alimentos, água, roupas, material de higienização e outros gêneros necessários à população Marinha do Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]