Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Coreia do Norte se prepara para receber inspetores em instalações nucleares, diz parlamentar de Seul


SEUL (Reuters) - A agência de espionagem da Coreia do Sul observou preparativos da Coreia do Norte para receber inspeções internacionais em suas instalações de testes nucleares e de mísseis, disse um parlamentar sul-coreano nesta quarta-feira, segundo a agência de notícias Yonhap nesta quarta-feira.

O parlamentar Kim Min-ki, do governista Partido Democrático, disse a repórteres que autoridades de inteligência observaram o que acreditam ser preparativos para possíveis inspeções na instalação de testes nucleares de Punggye-ri e nas dependências da plataforma de lançamento de satélites de Sohae.

O Serviço Nacional de Inteligência sul-coreano observou norte-coreanos “realizando atividades de preparação e inteligência que parecem ser uma preparação para a visita de inspetores estrangeiros”, acrescentou o parlamentar, ressaltando, no entanto, que não foram vistas grandes movimentações em Yongbyon, o principal complexo nuclear da Coreia do Norte.

Pyongyang interrompeu seus testes nucleares e de mísseis no último ano, mas não permitiu inspeções internacionais do desmantelamento de Punggye-ri em maio, o que rendeu críticas segundo as quais a ação foi uma mera encenação e pode ser revertida.

Em setembro o líder norte-coreano, Kim Jong Un, prometeu em uma cúpula com o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, que também fechará Sohae e que permitirá que especialistas observem o desmonte da instalação de teste de motores de mísseis e de uma plataforma de lançamento.

À época Moon disse que a Coreia do Norte concordou em deixar inspetores internacionais observarem um “desmantelamento permanente” de instalações de mísseis cruciais e adotar medidas adicionais, como fechar Yongbyon, em troca de ações recíprocas dos Estados Unidos.

Washington exigiu medidas como a divulgação completa das instalações nucleares e de mísseis antes de concordar com as principais metas de Pyongyang, como a amenização das sanções internacionais e o fim oficial da Guerra da Coreia.

Autoridades dos EUA vêm se mostrando céticas do compromisso de Kim de abdicar das armas nucleares, mas a promessa norte-coreana feita na cúpula com Seul foi recebida com entusiasmo pelo presidente Donald Trump.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]