Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

segunda-feira, 27 de maio de 2019

Presidente Donald Trump anuncia que Japão comprará 105 caças F-35 Lightning II adicionais


O presidente dos EUA Donald Trump declarou na segunda-feira que o Japão planeja comprar 105 caças furtivos F-35, passando a ser o país entre todos aliados dos EUA com maior número destas aeronaves.

"Os EUA apoiam os esforços do Japão de aumentar as suas capacidades de defesa e, nos últimos meses, lhe enviamos uma grande quantidade de equipamento militar", disse Trump em comunicado à imprensa, anunciando a intenção do Japão de comprar 105 novos caças F-35.

No dia 29 de março, as Forças Aéreas de Autodefesa do Japão (JASDF) anunciou que o primeiro lote de aviões F-35A, que integram o 302º Esquadrão de Caças Táticos, atingiu a chamada Capacidade Operacional Inicial, o que permite aos aviões participar em missões simples.

O governo do Japão fez a primeira encomenda de 42 caças F-35A em dezembro de 2011. Em dezembro de 2018, a encomenda foi atualizada: foi anunciado que Tóquio iria adicionar 63 caças F-35A e 42 caças F-35B ao pedido já feito.

O programa norte-americano dos caças F-35 foi criticado por exceder fortemente o orçamento e por não manter o calendário de produção. Em 2018, só a atualização do software dos aviões custava pelo menos US$ 10 bilhões (R$ 40 bilhões), sem incluir os custos de desenvolvimento.

Além disso, o caça F-35 já apresentou vários problemas. Por exemplo, quando o caça fez um voo de demonstração na Dinamarca, verificou-se que o nível de ruído ultrapassava grandemente o permitido.

Vale ressaltar também que já ocorreu um acidente com este caça no Japão em abril, quando um F-35 desapareceu dos radares, e depois na caixa preta não foi encontrado o aparelho de gravação. Outro acidente com um F-35B em setembro de 2018, já nos EUA, foi causado por um defeito de fábrica em um tubo de combustível.

Os problemas com avião não se restringem ao seu alto preço ou a falhas por parte dos tripulantes.

Toda a capacidade do caça é questionada, bem como sua eficiência.

O Japão e os EUA têm uma longa história de colaboração, inclusive na área militar. Nas ilhas japonesas está estacionado um contingente de 50.000 militares americanos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]