Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

terça-feira, 20 de agosto de 2019

Major da FAB participa de Adestramento de Defesa Antiaérea pela Força Aérea Alemã


Durante três semanas, foram ministradas instruções sobre os processos de planejamento e emprego da Defesa Antiaérea pela Força Aérea da Alemanha

O Major de Infantaria Ailton Tobias de Andrade Junior, que é Oficial-Aluno do Curso de Comando e Estado-Maior 2019, na Alemanha, participou de Adestramento de Defesa Antiaérea das Forças Armadas da Alemanha (Bundeswehr), atuando por aquela Força Aérea (Luftwaffe). Durante três semanas de estágio, em diferentes localidades, foram ministradas as instruções sobre os processos de planejamento e emprego da Defesa Antiaérea da Bundeswehr, sob o comandamento da Luftwaffe. Houve, ainda, a interação, em alemão, com as tropas locais e, em inglês, com militares de Israel, Bélgica, Espanha e Holanda, entre outros integrantes da OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte).

Na cidade de Husum (Mar do Norte, Alemanha), foram ministradas apresentações sobre a estrutura operacional do Grupo de Defesa Antiaérea n° 26 e o emprego do sistema de médio alcance. Também ocorreu treinamento em simuladores e palestras sobre o emprego real da Defesa Antiaérea alemã em missões da OTAN.

Já na ilha de Creta (Mediterrâneo, Grécia), o militar observou, presencialmente, nas instalações de lançamento de mísseis da OTAN – NAMFI (NATO Missile Firing Installation), dezenas de lançamentos de drones, que simulavam as ameaças aéreas durante o adestramento, e acompanhou o emprego de todo o sistema de Comando e Controle do combate antiaéreo de médio alcance.

E, em Todendorf (Mar Báltico, Alemanha), houve a oportunidade de conhecer o sistema de curto alcance que lança mísseis de um veículo leve blindado e o sistema de canhões, além de participar de um dia de adestramento com disparos reais.

"A experiência foi muito importante para compreender melhor porque a defesa antiaérea voltou a ser, na Alemanha, missão de Força Aérea [Luftwaffe] e, também, em relação ao aprimoramento e à qualificação de recursos humanos, no sentido de capacitar o seu pessoal ao assessoramento, planejamento, emprego e difusão de conhecimentos de defesa antiaérea, em que círculos concêntricos de defesa [OnionTheory] executam a defesa de pontos e áreas de interesse, utilizando desde mísseis de curto alcance aos de médio e longo alcances, o que faz da Alemanha o país que ocupa uma posição de destaque sobre o assunto de Defesa Aérea [Air Defense] na OTAN", destacou o Major Tobias.

Fonte: Major Tobias
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente Elias - Revisão: Capitão Monteiro
Fotos: Arquivo Pessoal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]