Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

segunda-feira, 23 de setembro de 2019

BAVEX - Encerramento do Curso de Piloto de Combate 2019


No dia 02 de agosto de 2019, encerrou-se mais um importante ciclo no Centro de Instrução de Aviação do Exército, com a conclusão de mais uma turma de pilotos de combate. Após 14 semanas de intensa instrução, 10 oficiais do Exército Brasileiro, oriundos dos diversos Batalhões de Aviação do Exército, e 01 Oficial da Marinha do Brasil concluíram com aproveitamento todos os módulos de instrução previstos para a sua formação, destacando-se a realização de pistas de Navegação Tática, Maneabilidade de Fração de Helicópteros, o Emprego Tático da Aviação do Exército e o Planejamento e Execução de Operações Aeromóveis. O 1º Tenente Duque, do 2º BAvEx, foi o destaque do curso.




Além da pesada carga teórica, os alunos executaram as principais operações aeromóveis efetuadas pela Aviação. Na Operação Vale do Paraíba tiveram o primeiro contato prático com o planejamento e emprego de aeronaves na situação de combate convencional, realizando ataques, reconhecimentos e incursões, bem como, o uso do simulador para os ensaios dessas operações e do Planejador de Missão Aérea (PMA) como auxílio no planejamento. Nessa primeira fase, foi realizada a prática do exercício de Fuga e Evasão, na qual percorreram um percurso de aproximadamente 50 Km.



Na operação Pégasus em Fúria, realizada na cidade de Pouso Alegre-MG, os alunos, sob intensa carga de trabalho, planejaram e executaram missões diurnas e noturnas, com emprego do OVN. Foram executadas 06 operações continuadas, sendo divididas em dois módulos, o combate convencional e de Garantia da Lei e da Ordem, com a utilização de 08 aeronaves Fennecs, 01 aeronave Pantera do 2º BAvEx e 01 aeronave Jaguar do 1º BAvEx.

Nessa ocasião, a turma teve a oportunidade de realizar e coordenar planejamentos de Reconhecimento e Vigilância Aeromóvel, Ataque à alvo fixo e exfiltrações noturnas, além de outras missões contextualizadas em um ambiente de intervenção federal, aos moldes da Operação Furacão, ocorrida em 2018 no Rio de Janeiro.

O CIAvEx deseja aos novos pilotos de combate felicidades nesta nova fase da carreira. É entregue ao Exército mais uma futura geração de Comandantes de Pelotão e Subunidade e, principalmente, uma nova leva de pilotos militares aptos a cumprir as diversas missões que a Força Terrestre exigir. Aqui se voa combate, Aviação!

Divisão de Simulação do Centro de Instrução de Aviação do Exército

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]