Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

sábado, 30 de novembro de 2019

Presidente Jair Bolsonaro participa de formatura de militares do Exército, em Minas Gerais


Durante a cerimônia foram diplomados os novos sargentos combatentes.

Nesta sexta-feira (29), o presidente da República, Jair Bolsonaro, esteve em Três Corações (MG), onde participou da formatura do Curso de Formação de Sargentos 2018/19, da Escola de Sargentos das Armas Max Wolf Filho, do Exército Brasileiro. Essa é a primeira vez que um presidente da República visita a Escola.




O presidente foi recebido com honras militares e assistiu ao desfile de apresentação da turma de formandos. Após a leitura do Ato da Promoção à graduação de 3º sargento de carreira, Bolsonaro entregou o quepe e a Medalha Marechal Hermes ao aluno que teve o melhor desempenho no curso de formação.


Em discurso, o presidente disse aos militares que falta pouco ao Brasil para ser uma grande nação. “Colocaremos o Brasil no local de destaque que ele merece no cenário mundial. Nosso governo tem feito a sua parte, em alguns momentos pedimos sacrifício à população, mas, como regra, todos podem sentir que o Brasil respira novos ares de democracia, de liberdade e de trabalho, acima de tudo”, afirmou.

O presidente falou ainda sobre a luta do povo brasileiro pela conquista de democracia. “Nesse ano, pela primeira vez, vocês incorporaram o sabre do sargento Max Wolf, um herói da Segunda Guerra Mundial, um exemplo para todos os militares, para todos os brasileiros de que, no passado, nós lutamos por democracia e por liberdade e, no futuro, se preciso for, daremos a nossa vida para que essa liberdade nunca deixe de existir entre nós”, disse.

Bolsonaro também citou que países da América do Sul ainda vivem momentos de crise, que, segundo ele, serão superados. “Nós brasileiros só estaremos felizes quando todos os países da América do Sul, seu povo, também gozar de liberdade e democracia”, declarou.

O comandante da Escola de Sargentos das Armas, General de Brigada Flavio Alvarenga Filho, chamou os formandos a empregarem o conhecimento adquirido na defesa da Pátria. “Vocês estão prontos para, com profissionalismo, seriedade e responsabilidade, liderar e conduzir as suas frações nas variadas missões que lhe serão confiadas, pois adquiriram as competências, conhecimentos e habilidades necessárias. Acompanhem as evoluções dos cenários, mantenham-se atualizados e busquem de maneira contínua o autoaperfeiçoamento para poderem bem servir o Exército Brasileiro e a nossa pátria”, afirmou o comandante.

Novos sargentos

Durante a cerimônia foram diplomados os novos sargentos combatentes do Exército, sendo 197 de infantaria, 71 de cavalaria, 67 de artilharia, 82 de engenharia e 156 de comunicações, totalizando 573 sargentos.

O presidente dirigiu aos sargentos recém-formados uma mensagem de estímulo dizendo que eles devem buscar sempre alcançar seus objetivos. “Nas próximas semanas vocês estarão pelos quatro cantos desse oito milhões e meio de quilômetros quadrados que compõem o nosso querido Brasil levando patriotismo, amizade, consideração, fraternidade e, acima de tudo, amor a nossa querida Pátria”, afirmou Bolsonaro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]