Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

segunda-feira, 16 de novembro de 2020

Com chegada de avançada corveta, Marinha de Israel se torna mais relevante no Mediterrâneo Oriental

Durante muito tempo a Marinha era o ramo menos poderoso das Forças de Defesa de Israel (FDI), no entanto este serviço está agora adquirindo novos navios de guerra e assumindo um papel muito mais significativo.

Em 13 de novembro, Alemanha entregou a Israel a primeira das quatro corvetas da classe Sa'ar 6, a INS Magen, em uma cerimônia de mudança de bandeira na cidade alemã de Kiel, onde a fabricante ThyssenKrupp Marine Systems está construindo os navios. O INS Magen chegará a Israel até o final do ano, escreve revista Forbes.

Estas novas corvetas são maiores e muito mais avançadas do que suas antecessoras da classe Sa'ar 5.

"Os serviços terrestres e aéreos eram considerados os principais pilares de defesa de Israel, enquanto o papel da Marinha de Israel (IN) era um pouco mais do que uma Guarda Costeira forte. Durante décadas a IN era o irmão mais novo de seus outros dois irmãos e uma das [marinhas] mais pequenas do mundo (tendo em conta o tamanho do país e sua proximidade ao mar)", ressalta um recente relatório publicado pelo Centro de Estudos Estratégicos Began-Sadat (BESA). No entanto as coisas começaram a mudar rapidamente.

Os navios serão equipados predominantemente com sistemas de armamento de produção israelense e estão sendo construídos para permitir que a Marinha do país consiga lidar de modo mais adequado com as ameaças especificas que antecipa enfrentar potencialmente no futuro.

A maior parte do comércio de e para Israel é transportado por mar, o que torna importante a defesa de sua costa. Nos últimos anos, a crescente ameaça potencial dos mísseis cada vez mais letais do movimento Hezbollah às plataformas de gás ao largo da costa de Israel faz com que a defesa destas plataformas seja uma prioridade para a Marinha israelense. Esta será provavelmente a tarefa principal para os novos navios de guerra do país.

De acordo com Forbes, Israel vais armar estas corvetas com a versão mais recente de seus mísseis antinavio Gabriel e avançados sistemas de defesa antiaérea de longo alcance Barak 8, que podem derrubar aviões inimigos e mísseis antinavio.

Além do mais, as corvetas Sa'ar 6 serão equipadas com a versão naval do sistema de defesa antiaérea de curto alcance Cúpula de Ferro, que foi projetado para derrubar foguetes e projéteis de curto alcance.

Com seus sistemas de armas de alta tecnologia e impressionante alcance operacional de 2.500 milhas (4.023 km) as novíssimas corvetas israelenses Sa'ar 6 podem melhorar significativamente o poder naval da Marinha de Israel.

Sputnik News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]