Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

terça-feira, 19 de janeiro de 2021

FAB já entregou vacinas nos estados do AM, CE, GO, MS, PI, SC e DF

Aeronaves da Força Aérea Brasileira carregaram, nesta segunda-feira (18), vacinas para o Amazonas, Ceará, Goiás, Mato Grosso do Sul, Piauí, Santa Catarina, além do Distrito Federal


A Força Aérea Brasileira (FAB) empregou, nesta segunda-feira (18), diversas aeronaves para o transporte de imunizantes de uso emergencial para o enfrentamento à pandemia no País. Em coordenação com o Ministério da Defesa e em apoio ao Ministério da Saúde, a FAB realizará o transporte das vacinas para 12 cidades brasileiras.

No primeiro dia de distribuição de imunizantes, um KC-390 Millennium entregou vacinas nos estados do Goiás, Piauí e Ceará. Com um carregamento total de 199 caixas de vacinas, o avião decolou às 10h10 (horário local) da Base Aérea de São Paulo (BASP), em Guarulhos (SP), carregando 77 caixas para Goiânia (GO), 26 para Teresina (PI) e 96 para Fortaleza (CE). A aeronave pousou na capital cearense às 17h50 (horário de Brasília)

Já uma aeronave C-130 Hercules da FAB decolou, às 12h55, da Base Aérea de São Paulo, levando 45 caixas de vacinas para Brasília (DF) e 108 caixas para Manaus (AM). Após o descarregamento na capital federal, o C-130 Hércules decolou, às 15h50 (horário local), da Ala 1 – Base Aérea de Brasília com destino a Manaus (AM), onde pousou às 19h50 (horário de Brasília). Os próximos destinos são Boa Vista (RR), Rio Branco (AC) e Porto Velho (RO).

Carregando vacinas para os estados de Santa Catarina e Mato Grosso do Sul, uma aeronave C-105 Amazonas da FAB decolou da Base Aérea de São Paulo às 10h (horário de Brasília), chegando a Florianópolis (SC), às 11h30. Em seguida, o C-105 Amazonas decolou, às 13h20, da Base Aérea de Florianópolis com destino a Campo Grande (MS), onde chegou às 15h30.

Ainda estão previstas duas aeronaves C-97 Brasília, operadas pelos Esquadrões Tracajá (1º ETA) e Cobra (7º ETA), que realizarão voos para Macapá (AP) e Tabatinga (AM), respectivamente.

De acordo com o Ministério da Saúde, as vacinas serão usadas, preferencialmente, para uso em programas de saúde pública e, inicialmente, destinadas para imunização de pessoas de grupos de risco como indígenas, idosos e profissionais de saúde.

As Forças Armadas estão, desde o início da Operação Covid-19, dedicando todos os seus esforços no apoio à população brasileira, no enfrentamento à pandemia da COVID-19 e, a partir deste momento, estão concentrando seus esforços no apoio à vacinação.

Operação COVID-19

O Comando da Aeronáutica está dedicando permanentemente o esforço do seu efetivo e de suas aeronaves 24 horas por dia e sete dias por semana em atendimento às necessidades da sociedade brasileira no enfrentamento à pandemia da COVID-19.

Acompanhe a página especial sobre a atuação da FAB na Operação COVID-19.

Agência Força Aérea

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]