Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

domingo, 17 de janeiro de 2021

Rússia envia caças interceptadores MiG-31BM para operações em arquipélago do Ártico

Tripulações de caças interceptadores MiG-31BM iniciaram o serviço de proteção da fronteira aérea no arquipélago Novaya Zemlya, localizado no Extremo Norte da Rússia.

A defesa do arquipélago estará a cargo de caças MiG-31BM, pertencentes ao regimento aéreo misto da Frota do Norte. A cerimônia solene foi realizada no aeródromo de Rogachevo.

As novas aeronaves permitirão expandir substancialmente o alcance da aviação de combate da Frota do Norte no Ártico e ampliar significativamente a zona do espaço aéreo controlado sobre as águas da Rota Marítima do Norte, aponta portal Zvezda.

Em 2020 os caças MiG-31BM já realizaram uma série de missões de treinamento a partir do aeródromo de Rogachevo.

Anteriormente, o vice-almirante Aleksandr Moiseev, comandante da Frota do Norte, informou que o regimento de mísseis de defesa aérea implantado no referido arquipélago recebeu os sistemas de defesa antiaérea S-400, que já entraram em serviço de combate.

Na semana passada, Kenneth Braithwaite, secretário da Marinha dos EUA, revelou que os norte-americanos vão começar a conduzir patrulhamentos regulares ao largo da costa russa do Ártico para evitar o "avanço de Moscou no Extremo Norte".

Os aviões MiG-31BM são a versão modernizada do caça interceptador supersônico de longo alcance MiG-31, desenvolvido para detectar e destruir alvos aéreos em altitudes extremamente baixas, baixas e elevadas, tanto de dia como de noite e em quaisquer condições meteorológicas.

Sputnik News


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]