Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

quinta-feira, 26 de agosto de 2021

Aberta a ARMY-2021

No dia 23 de agosto, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, inaugurou oficialmente o fórum internacional ARMY-2021. Trata-se da maior feira russa de defesa, que acontecerá até o dia 28, e congregará delegações de 97 países, 34 das quais serão chefiadas por Ministros da Defesa. Mais de 20.000 produtos de equipamento militar e de emprego dual, oriundos de 1.500 empresas da Rússia e de doze países estrangeiros, estarão em exposição.

Falando sobre a feira, o Ministro de Defesa da Rússia, Sergey Shoigu, anunciou que, durante o evento, está planejada a assinatura de 45 contratos, no valor de US$6,75 bilhões. Segundo ele, serão assinados contratos para o fornecimento do Exército de carros de combate T-90M, veículos robóticos Uran-14 e sistemas remotos de minagem, entre outros. Estão sendo mencionados contratos adicionais, para a aquisição de navios de coleta de inteligência e de varredores, bem como armas de precisão e aquisição e modernização de aeronaves, acrescentou ele.

Algumas horas antes da abertura oficial do evento, o CEO da Rosoboronexport, Alexandre Mikheev (Foto: Yuri Laskin) falou à imprensa russa, apresentando algumas novidades e números referentes aos negócios internacionais da indústria de defesa da Rússia. Mikheev informou que a caderneta de encomendas da empresa é de US$52,1 bilhões, e que em 2021 já foram cumpridos contratos no valor de US$5,2 bilhões, com entregas sendo feitas para 61 países. No mesmo período, disse ele, foram assinados contratos no valor de US$8,6 bilhões, e enfatizou o suporte total do governo à indústria do setor, informando que uma das medidas que estão sendo implementadas é a compensação por juros bancários — nesse esquema, foram incluídos contratos no valor de US$2,5 bilhões.

Mikheev disse considerar a ARMY como uma plataforma perfeita para a exposição de produtos da empresa nacional, inclusive possibilitando a realização de demonstrações de tiro real. A Rosoboronexport convidou 35 delegações de alto nível, 17 das quais lideradas por Ministros da Defesa ou Chefes de Estado-Maior. Ele mencionou a Jordânia como um dos parceiros tradicionais ne cooperação industrial no campo de armas pequenas e sua munição, o que é confirmado pelo fato de que o Rei Abdullah II visitaria a feira. Mikheev também confirmou que estão sendo realizadas discussões para o fornecimento de um lote adicional de sistemas de defesa antiaérea S-400 à Turquia, e disse estar otimista sobre a conclusão desse novo contrato (Texto e foto: Yuri Laskin).

Revista Segurança & Defesa


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]