Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

domingo, 17 de outubro de 2021

Israel inicia o exercício Blue Flag 2021

Abertura do Exercício Bandeira Azul 2021 (Blue Flag 2021), o maior e mais avançado realizado em Israel.

O exercício internacional "Bandeira Azul", realizado na Base Aérea de Uvda com a participação de sete forças aéreas teve início hoje (17/10) e vai até quinta-feira, 28 de outubro.


O atual exercício "Bandeira Azul" é o maior e mais avançado exercício aéreo de Israel. O objetivo do exercício é fortalecer a cooperação internacional estratégica por meio do aprendizado compartilhado sobre a integração de aeronaves de quarta e quinta geração em cenários operacionais complexos, com foco na ampliação e aprimoramento das capacidades operacionais das forças participantes. O exercício oferece a oportunidade de conduzir voos táticos conjuntos contra uma variedade de ameaças usando tecnologia avançada. Ao longo do exercício, as forças participantes farão exercícios de combate ar-ar e ar-solo, ameaças de mísseis superfície-ar (SAM) avançados e vários cenários operacionais em território inimigo.


Participam do exercício deste ano a Alemanha, Itália, Grã-Bretanha, França, Índia, Grécia e Estados Unidos. Este é o primeiro desdobramento de um esquadrão de caça britânico em Israel desde o estabelecimento do país, bem como o primeiro desdobramento de um esquadrão de caças indiano "Mirage" em Israel e o primeiro desdobramento de um esquadrão de caças francês "Rafale" em Israel.

No primeiro dia do exercício, um sobrevoo nos céus de Israel.

O General Gen. Amikam Norkin, Comandante da Força Aérea Israelense, vai liderar o sobrevôo em um "Baz" (F-15) ao lado de um "Adir" israelense (F-35I). O Tenente General Ingo Gerhartz, Comandante da Força Aérea Alemã, voará ao lado deles no Eurofighter "Eagle Star", Comandante da Força Aérea Israelense, General de Divisão Amikam Norkin: "Estamos vivendo em uma região muito complicada, e as ameaças ao Estado de Israel da Faixa de Gaza, Líbano, Síria e Irã estão apenas aumentando. Mantendo um internacional exercício nesta realidade atual, enquanto continuamos nossas atividades operacionais abertas e encobertas em todas as frentes, é de extrema importância estratégica e tem amplo impacto sobre a Força Aérea de Israel, as IDF e o Estado de Israel. Este exercício é inovador em termos de tecnologia, a qualidade do treinamento e o número de nações participantes. Ilustra a parceria e o forte vínculo entre as forças aéreas do país e atua como um trampolim para a cooperação regional e internacional. "

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]