Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

terça-feira, 30 de novembro de 2021

Força Aérea do Emirado Islâmico do Afeganistão realiza primeiros exercícios militares desde que o Talibã subiu ao poder

A Força Aérea do Emirado Islâmico do Afeganistão realizou seus primeiros exercícios militares desde que o Talibã subiu ao poder. Os exercícios aconteceram no norte do país, na província da Balkh. Helicópteros Mi-17 e MD, esses fornecidos ao governo anterior pelos Estados Unidos, tomaram parte nos exercícios. O governo Talibã encorajou os pilotos que deixaram o Afeganistão após a tomada do poder, em agosto, para que retornassem, prometendo dar-lhes emprego na Força Aérea.


O novo governo também revelou sua intenção de revisar o estado da frota aérea e dos aeródromos dos pais. Amanuddin Mansoor, comandante da Força Aérea, declarou que "Em futuro próximo coletaremos informações sobre todos os aeroportos para ver quantos helicópteros ativos e danificados temos, e também quantos pilotos temos que estejam querendo trabalhar, e quantos não querem. Pedimos aos que deixaram o país para retornarem e servirem ao povo". Os pilotos, técnicos e demais militares que permaneceram no país expressaram sua vontade de trabalhar com as novas autoridades, e assegurar que o equipamento permaneça operacional, acrescentou.


Mohammad Ikram Stanikzai, um piloto da Força Aérea, declarou: "Todo o pessoal da Força Aérea está pronto para voar em qualquer condição e em qualquer tempo. Mesmo com equipamento limitado, eles mantiveram os helicópteros ativos, e estão trabalhando conjunto conosco. Nossos engenheiros resolvem problemas técnicos e estão aqui para servir ao país".


Já Attaullah Omari, comandante do Corpo Al-Fath, sediado em Balkh, disse que a Força Aérea tem boas capacidades e será usada para se contrapor a insurgentes: "A Força Aérea em Balkh está pronta para servir ao povo, e se encontrarmos qualquer resistência em qualquer parte do Afeganistão, ela estará pronta para deslocar os mujahideen para essas áreas".

Recentemente, o Ministro da Defesa em exercício, Attaullah Omari, disse que o país está trabalhando para formar uma Força Aérea que não precise do suporte de qualquer país.

OBS: Emirado Islâmico do Afeganistão

O Emirado Islâmico do Afeganistão é um emirado islâmico não reconhecido que foi estabelecido pela primeira vez em setembro de 1996 pelos Talibãs, uma organização islâmica Deobandi que iniciou a sua governação do Afeganistão após a queda de Cabul em 1996. Em 2001, foi derrubado por uma coligação militar liderada pelos Estados Unidos, que invadiu o país após os ataques de 11 de setembro, desencadeando uma guerra de 20 anos no Afeganistão. Os Talibãs regressaram ao poder após a partida da maioria das forças da OTAN e a queda de Cabul em agosto de 2021, e desde então têm o controlo de facto sobre a maior parte do país, informações coletadas na chamada Talib Times - uma página que afirma ser a fonte oficial de notícias do Emirado Islâmico, como o Talibã define o país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]