Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

terça-feira, 23 de novembro de 2021

Rússia entrega Pantsir a Mianmar; Brasil é possibilidade

Dmitry Shugaev, Diretor do Serviço Federal de Cooperação Técnico-Militar (FSVTS) da Rússia, declarou n Dubai Airshow 2021 que dentro de dois anos seu país estará entregando sistemas de defesa antiaérea Pantsir S-1 a Mianmar. O contrato foi assinado em janeiro de 2021, durante a visita do Ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu, àquele país. “A entrega de dois Pantsir-S1 está prevista, em princípio, para 2023”, disse Shugaev. O acordo entre os dois países inclui também estações de radar e ARP de reconhecimento Orlan-10E. Shugaev mencionou também que uma possível modernização dos exemplares do Pantsir-S! em serviço com os Emirados Árabes Unidos pode “aumentar substancialmente sua capacidade”.

Segundo Dmitry Konoplev, CEO do Shipunov KBP Instrument Design Bureau, o Pantsir-S1 é efetivo contra todos os tipos de ARP de ataque, incluindo o Bayraktar, da Turquia. “Não há meio mais efetivo no mundo”, declarou, em resposta a uma pergunta de uma agência. Konoplev acrescentou que “A despeito do desenvolvimento das tecnologias do segmento não tripulado, o Pantsir oferece muitas opções e capacidades que as ARP ainda não possuem”.

A família de sistemas antiaéreos Pantsir foi desenvolvida pelo Shipunov KBP Design Bureau, uma subsidiária da holding High-Precision Weapons. Ele se destina a prover proteção a curto alcance de alvos civis e militares em qualquer clima e qualquer tempo, de dia e de noite. O sistema é resistente a interferência, e pode também destruir alvos em terra e na superfície do mar.

O sistema Pantsir tem sido usado para prover defesa antiaérea aos meios russos na Síria, e já foi exportado para diversos países no oriente Médio e na África. Em 2020, dois Pantsir-S1 foram entregues à Sérvia, como parte de um contrato para um total de seis viaturas.

Durante a feira SITDEF 2021, que se realizou no peru, em outubro, Anatoly Punchuk, Vice-Diretor do FSVTS, declarou que o possível fornecimento de Pantsir ao Brasil “não está fora da agenda, e sim sendo continuamente discutido” (Texto e foto: Yuri Laskin).

Revista Segurança & Defesa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]